Sidebar

Menu Principal

25
Ter, Jun

 

Câmara

A Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes realizou Audiência Pública na manhã desta quinta-feira (28), para apresentação do Relatório de Gestão do 3º Quadrimestre de 2018 da Secretaria Municipal de Saúde de Campos. Iniciando a audiência, o presidente da Câmara, Fred Machado (PPS), afirmou que a realização da mesma cumpre a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A subsecretária Geral da Saúde, Valéria Corrêa Lopes, apontou que, no 3º Quadrimestre de 2018, a pasta teve em receitas R$ 48.211.317,17 de recursos federais, R$ 3.817.424,96 de recursos estaduais, R$ 215.580.737,04 de recursos municipais e R$ 381.644,57 de outras operações, em relação a custeio. Já em relação a investimento, foram R$ 1.169.666,66 de recursos federais, R$ 1.619.337,19 de recursos municipais e R$ 922,45 de outras operações.

Já sobre as despesas, no período, foram empenhados R$ 107.807.950,51 e pagos 259.202.668,31 em relação a custeio. Em relação a investimento, foram empenhados R$ 1.677.048,85 e pagos R$ 1.746.439,70. De acordo com a apresentação, foram realizadas 46 auditorias para averiguar diversas demandas.

A subsecretária de Atenção Básica, Cíntia Ferrini, falou dos avanços da secretaria. “As coisas têm evoluído de forma significativa e importante. O trabalho de atenção básica eficiente deve ser desenvolvido por mais dez anos para termos indicadores de qualidade da saúde, não é um trabalho de curto prazo. Fico feliz em apresentar esses dados que são oficiais do Ministério da Saúde que já mostram nossos avanços”, disse.

Cintia Ferrini ainda destacou o trabalho regional que está sendo realizado nas unidades de saúde, com a descentralização dos atendimentos, e apresentou programas realizados pela pasta. Apenas no Programa de Controle de Hipertensão e Diabetes (Hiperdia), foram realizados 1.928 atendimentos médicos no período citado. No Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher, Criança e do Adolescente, foram 15.146 consultas médicas.

A responsável técnica da Vigilância e Saúde, Andrea Moreira, destacou a cobertura vacinal. “Temos um intenso trabalho e uma grande equipe envolvida. É importante passar para a população de Campos que busque a vacinação. Em várias vacinas, o município alcançou metas e em alguns casos a cobertura vacinal já ultrapassa 100%”, disse.

No período, o Centro de Referência da Dengue realizou o total de 8.574 atendimentos médicos. Foram 2.453 notificações SINAN e 13.395 exames realizados. O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realizou 33 mutirões, eliminando 615 focos e recolhendo 311 pneus.

O chefe de gabinete da Fundação Municipal da Saúde, Victor Machado, apresentou dados da rede de atendimento de urgência e emergência no município. Totalizando os números do Hospital Ferreira Machado e do Hospital Geral de Guarus, foram 2.469 internações e 282.483 atendimentos ambulatoriais no período. Nas unidades pré-hospitalares, foram 305.177 atendimentos ambulatoriais.

Participaram da audiência, além do presidente Fred Machado, os vereadores Abdu Neme (PR), Abu (PPS), Genásio (PSC), Fábio Almeida (PPS), Paulo Arantes (PSDB), Eduardo Crespo (PR), Josiane Morumbi (PRP), Ivan Machado (PTB), Cabo Alonsimar (PTC), Jairinho é Show (PTC), Enock Amaral (PHS) e Igor Pereira (PSB). Justificaram ausência os vereadores Jorginho Virgílio (PRP) e Joilza Rangel (PSD).

*Por Ascom Câmara Campos