Sidebar

Menu Principal

22
Qui, Ago

 

Câmara
Alcindor de Moraes Bessa - 1948-1950

Alcindor de Moraes Bessa nasceu em Campos no dia 1º de outubro de 1886. Filho do ilustre Juiz de Direito Dr. Augusto Octaviano e D. Francisca de Moraes Bessa. Casou com Celeste Lacerda de Athaíde Bessa e desse matrimônio nasceram quatro filhos: José, Dirceu, Augusto e Leda.

Excelente estudante, optou pela Medicina e Jornalismo. Terminou o seu curso de medicina em 1914, cursado na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Sendo sempre ótimo aluno, foi auxiliar do grande professor Miguel Couto. Montou seu consultório médico em 1915 e ao lado uma farmácia.

Como jornalista, inicialmente foi redator de “A TRIBUNA”, jornal de Lacerda Sobrinho, médico e jornalista. Este era filho do grande abolicionista, Luís Carlos de Lacerda, uma das maiores figuras da Abolição do nosso país.

Alcindor Bessa assumiu a direção do jornal, na sua terceira e última fase.Juntamente com Lacerda Sobrinho, promoveu memoráveis campanhas pelo jornal “A TRIBUNA”, defendendo suas ideologias.

Era também ligado ao esporte tendo sido diretor do “Lacerda Sobrinho Futebol Clube” e da “Associação de Imprensa Campista”.

Médico atuante, foi membro da Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia e diretor de Higiene da Prefeitura de Campos.

Iniciou a sua atuação política como médico, farmacêutico, jornalista e grande orador, o que o fez chegar à Câmara dos Vereadores em vários mandatos.

“Cita FERREIRA, (2012, p.64) que em setembro de 1947 Alcindor de Moraes Bessa foi eleito vereador pela UDN, com 679 votos. Tomou posse em 16 de outubro com o mandato sendo exercido até 31 de janeiro de 1951.” Dr. Manoel Ferreira Paes (PSD), advogado, assumiu a Prefeitura de Campos.

Retornouà Câmara em 1955 pela UDN, com 816 votos. Na Sessão da Câmara de 04 de julho de 1956 o vereador Alcindor de Moraes Bessa foi eleito Presidente.O médico Dr. Barcelos Martins, nesse pleito, assumiu o poder executivo campista.

Dr. Alcindor Bessa, venceu as eleições de 1958 pelo PR, com 541 votos.Na mesma eleição, o Dr. José Alves de Azevedo, advogado, foi escolhido prefeito com bastante folga.

O Dr. Alcindor de Moraes Bessa foi vítima de um derrame cerebral e faleceu no dia 17 de outubro de 1961. Assumiu a sua cadeira o suplente René Ribeiro Gomes. Foi decretado luto oficial nos dias 17 e 18 de outubro pelo Prefeito Dr. José Alves de Azevedo através do Decreto nº 29 de 17 de outubro de 1961.

O Presidente da Câmara Municipal, Sr. Bento Faria da Paz, incumbiu-se dos funerais do edil e decretou luto por três dias.

Livro de Atas da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes 1955-1959
CARVALHO, Waldir P. Gente que é nome de rua. Biografias. 1988.
FERREIRA, Avelino. Câmara de Campos, 360 anos (1652–2012), Campos dos Goytacazes, 2012.

Vice- Presidente(s) - Secretário(s) - Primeiro mandato:

Enio Elízio Mazzini

1º Secretário: Hélvio Bacelar da Silva

2º Secretário: Ernesto Lima Sobrinho/Oswaldo Pereira Cunha

Vice- Presidente(s) - Secretário(s) - Segundo mandato:

Bento Faria Paz

1º Secretário: Pedro Dias de Carvalho

2º Secretário: Amaro Soares