Eventos Culturais
A Câmara Municipal de Campos iniciou a visitação escolar em seu Corredor Histórico Cultural, seguida da apresentação do documentário “Nilo Peçanha — Um grande brasileiro” dentro da programação em celebração dos “100 anos dos Melhoramentos de Campos”, obra de Nilo quando governador do antigo Estado do Rio e do então presidente da República, Venceslau Braz.
Ao chegarem ao Palácio Nilo Peçanha, sede do Legislativo, os alunos foram levados ao plenário onde assistiram ao documentário. Em seguida, eles participam de um jogo on-line onde puderam reconhecer o antes e o depois dos lugares onde foram realizadas as obras de melhoramentos. Ao final, eles conhecer o Corredor Histórico Cultural.

A primeira escola a participar foi a Escola José do Patrocínio, com 28 alunos, acompanhados da professora Carmem Eugênia. A assessora de Cultura da Câmara, Nana Rangel, fez uma palestra sobre Nilo, interagindo com os alunos.

As visitas serão realizadas às quartas à tarde, às quintas nos dois turnos e às sextas-feiras no período da manhã, até o dia 4 de novembro. As escolas interessadas devem agendas visitação pelo telefone (22) 2101-6379.

“A programação visa fazer com que alunos das redes municipal e estadual conheçam a história e a vida e obra de Nilo Peçanha, o político mais importante que Campos produziu, um dos grandes expoentes das causas abolicionistas e republicana, que foi governador, presidente da República e ministro das Relações Exteriores”, afirmou o presidente da Câmara, Edson Batista.

A programação começou no dia 23 de setembro, na Câmara, quando o mestre em Planejamento Regional em Gestão de Cidades, Leonardo Vasconcellos, proferiu palestra sobre o tema “Imagens dos Melhoramentos Efetuados em Campos pela Comissão de Saneamento”. O evento coincidiu com a abertura da V Conferência Municipal de Cultura.

Os melhoramentos foram financiados por meio de uma taxa sobre o açúcar produzido nas usinas campistas, por iniciativa dos industriais locais. Em 5 de novembro de 1916, Venceslau e Nilo estiveram em Campos para as festivas inaugurações.

A programação foi elaborada por um grupo de trabalho reunindo diversos órgãos e instituições como a Câmara, a Prefeitura de Campos, Academia Campista de Letras, Instituto Histórico e Geográfico de Campos, Instituto Federal Fluminense (IFF), Casa de Cultura Vila Maria e Rotary Clube de Campos, entre outros.

As atividades incluem palestras, mesas redondas, exposições e solenidades que marcarão o centenário das obras que transformaram a paisagem urbana de Campos seguem até o dia 5 de novembro. Para saber mais detalhes, o grupo de trabalho disponibilizou dados na internet pela página campos1916.blogspot.com.br.

*Fonte: Ascom Câmara Campos