Geral

Com o intuito de debater a Agricultura Familiar e a Educação no Campo a Câmara de Vereadores recebeu na noite nesta quinta-feira (06) uma Audiência Pública promovida pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe/RJ). Participaram da reunião os vereadores Enock Amaral (PHS), Marcelo Perfil (PHS), Josiane Morumbi (PRP), Joilza Rangel (PSD), Linda Mara (PTC) e Silvinho Martins (PRP).

Compondo a mesa, além de Enock que representou o presidente da Câmara, Marcão Gomes (Rede), estavam a presidente do Sepe, Graciete Nunes; o superintendente municipal de Agricultura, Nildo Cardoso; e Aparecida Lobato, que representou a secretaria municipal de Educação. Entre os presentes, estavam Claudia Barreto, diretora da Escola Municipal Claudio Almeida; Viviane Lima, da Escola Família Agrícola; Norma Dias, do Sepe; Paulo César Monteiro, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST); Ozana Borges, educanda do Campo; Marcelo Cavalcanti, do Coletivo Educampo; e Luisa Saramago, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro (Emater Rio).

“Quero cumprimentar a todos pela audiência e ressaltar a importância de todos em participar de um debate como este. Desejo que sejam colocadas em prática as ações que estamos debatendo aqui. Aproveito ainda para deixar o abraço do presidente Marcão, que não pôde comparecer, pois tinha outros compromissos agendados”, afirmou Enock Amaral.

Graciete lembrou a produção agrícola do município. “Hoje temos aqui um importante debate. Devemos destacar, além da importância da educação, a importância da produção agrícola em nosso município. É necessário que o nosso município retome essa vocação de forma agroecológica e para isso precisamos de políticas de incentivo”, disse.

Nildo Cardoso parabenizou os organizadores da audiência. “Quero parabenizar a todos os presentes aqui e também ao vereador Enock, pelas ações em defesa do homem do campo. Falar da agricultura é falar do nosso dia a dia e do que comemos, portanto é falar de vida. E estamos aqui para contribuir da melhor forma possível”, afirmou.

*Por Vivianne Chagas - Ascom Câmara Campos