Geral

O presidente da Câmara de Vereadores de Campos, Marcão Gomes (Rede), esteve presente na inauguração do Bloco G no campus Campos-Centro do Instituto Federal Fluminense (IFF), na manhã desta segunda-feira (22). Também participaram da solenidade o ministro da Educação, Mendonça Filho, o prefeito de Campos, Rafael Diniz, a prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco, além do reitor, Jefferson Azevedo e autoridades da instituição.

A notoriedade do instituto foi destacada pelo presidente Marcão Gomes. “Não apenas como presidente do Legislativo, mas como servidor e ex-aluno do IFF, reconheço a importância deste momento para a instituição. O IFF tem mais de oito mil estudantes e eu sei da importância do instituto na vida das pessoas, especialmente porque minha formação foi nesta escola”, afirmou.

O ministro Mendonça Filho declarou que acompanha os institutos federais. “É notável o trabalho realizado em todo o Brasil, a forma objetiva, direta e transformadora das ações realizadas pelos institutos federais. A educação, em sentido mais amplo, tem uma raiz transformadora e representa a emancipação de qualquer sociedade”, disse. Ele ainda ressaltou a estrutura do IFF. “Campos é uma cidade grande e representativa, que tem um significado importante para o Rio de Janeiro e para o Brasil”, pontuou.

O prefeito Rafael Diniz falou da importância do IFF na região. “É pela educação que vamos realizar as grandes transformações com as quais o país sonha. Não há outro caminho que não seja o investimento nas instituições que realmente fazem a transformação como o IFF faz, não apenas com os alunos que aqui estudam, mas com toda nossa comunidade”, discursou.

O reitor do IFF, Jefferson Manhães, explicou que as obras iniciaram em 2011. “É uma grande alegria poder entregar mais esse prédio que vai permitir a educação profissional pública em nossa cidade, permitindo que os cursos possam de desenvolver”, disse. O Bloco G recebeu o nome do ex-diretor da Escola Técnica Federal de Campos, professor Gilberto Paes Rangel.

O prédio inaugurado é o sétimo bloco do campus e vai abrigar salas, laboratórios, a Biblioteca Anton Dakitsch e um restaurante-escola. Também foi inaugurado nesta segunda, no IFF, o Centro de Arte e Cultura Anoeli Maciel.

*Por Lohaynne Gregório - Ascom Câmara Campos