Geral

A Câmara de Vereadores realizou nesta sexta-feira (16) uma Audiência Pública para a apresentação do Relatório de Gestão Quadrimestral do 3º quadrimestre de 2017 da secretaria municipal de Saúde. Uma equipe do órgão falou sobre todas as ações ocorridas entre os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, seguindo a determinação do parágrafo 5º do Artigo 36 da Lei Complementar número 141/2012.

“Gostaria de cumprimentar a todos e dizer que toda a população poderá acompanhar a apresentação através da nossa TV, do nosso site e do facebook da Câmara. Agradeço a presença do vereador Pastor Wanderly (PRB), além do procurador da casa, Robson Maciel Júnior e também à toda equipe da secretaria de Saúde presente, ao diretor do Hospital Ferreira Machado, Pedro Ernesto, e o subsecretário de Finanças, Ricardo Trindade. Lembrando que os que quiserem enviar suas dúvidas para esta Câmara, ela será direcionada à secretaria para ser respondida”, disse o presidente do legislativo, Marcão Gomes (Rede), na abertura da audiência.

Abrindo os trabalhos a subsecretária de Atenção Básica, Cíntia Ferrini, falou sobre as ações da secretaria. “Tivemos um número de consultas aprovadas neste período que chega a 404.205 e 1.836.959 de procedimentos de média e alta complexidade. Lembrando que o sistema de informação nem sempre consegue enumerar todas as consultas, sabemos que chega a 80% do total, ou seja, temos um número ainda maior de atendimentos. Além disso, somando os procedimentos das nossas oito Unidades de Atendimento Pré-Hospitalar (UPH), foram 367.387 atendimentos prestados. Sobre o percentual de aplicação em ações e serviços públicos de saúde, que de acordo com o limite constitucional do Ministério da Saúde é de 15%, o município de Campos investiu 45,99% neste quadrimestre”.

Alexandre Sereno, da assessoria da subsecretaria de Atenção Básica, falou sobre os Programas e Serviços em Saúde. “No programa Estratégia Saúde da Família (ESF), começamos o 1º quadrimestre com sete equipes e, neste último, fechamos com 25 equipes formadas, que fizeram um total de 14.170 atendimentos. No departamento de Odontologia contabilizamos 123.806 consultas e procedimentos. Já no setor de Fisioterapia, chegamos a um total de 239.268 procedimentos realizados. No Programa de Assistência Familiar, o Home Care, temos 438 pacientes cadastrados, sendo que 143 deles receberam atendimento pela equipe de Enfermagem e 225 pela equipe de Fisioterapia”.

A diretora de Vigilância em Saúde, Andreya Moreira, falou sobre as ações de fiscalização, vigilância sanitária, Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) e vigilância ambiental. “No Programa Municipal de Controle da Dengue (PMCD), foram 388.631 visitas realizadas nestes quatro meses, divididas em dois ciclos de ações. Entre os eventos realizados com o intuito de conscientização, tivemos o Dia D de Combate ao Mosquito da Dengue, o CCZ convida, 2ª CãoMinhada, panfletagem no Centro e Rodoviária Roberto da Silveira, além de campanhas de vacinação, ações de vacinação nas escolas, entre outras”.

Concluindo a apresentação, a presidente da Fundação Municipal de Saúde, Renata Castelo Branco Juncá, falou sobre Programa Municipal de Atenção à Saúde do Trabalhador (PAST) e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest). “Sobre as ações, tivemos 1.010 notificações de acidentes de trabalho. Além de realização de reuniões ordinárias mensais na sede do Cerest- NF com os técnicos dos programas de Saúde do Trabalhador dos oito municípios abrangidos por este Cerest”.

*Por Vivianne Chagas - Ascom Câmara Campos