Geral

A Câmara de Vereadores de Campos foi sede da abertura da 6ª Semana da Diversidade na noite desta quarta-feira (29). Com o tema “LGBT por direitos e pela democracia”, o evento foi iniciado com palestras e teve a participação da presidente da Comissão dos Direitos da Mulher, Joilza Rangel (PSD), Josiane Morumbi (PRP) que é membro da mesma e o vereador Paulo Arantes (PSDB). O debate se deu através da mediação de Rafael França, um dos organizadores.

Após a composição da mesa e apresentação dos convidados, Rafael França falou da história da Semana da Diversidade e sua finalidade, enquanto movimento em busca do reconhecimento à diversidade de corpos, gêneros e representações sexuais.

Iniciando as palestras, a presidente da Comissão de Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputada estadual Enfermeira Rejane, abordou o tema “Políticas Públicas - avanços pós criação do Conselho Estadual LGBT”.

Em seguida, a representante da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social de Campos dos Goytacazes, a socióloga Esther de Souza Alferino, falou sobre “Políticas Públicas voltadas para a diversidade”. Após, “Discriminação e preconceito na escola e na sociedade” foi o tema abordado pela vereadora Joilza Rangel.

A presidente da Comissão de Diversidade Sexual e Gênero da OAB 12ª Seção e presidente da Comissão Homoafetiva do Instituto Brasileiro de Direitos de Família (IBDFAM),Margarida Estela palestrou sobre a “Intervenção dos Direitos em defesa da comunidade LGBT”, sendo seguida pela vereadora Josiane Morumbi, que discursou sobre “Importância e dificuldades do LGBT no mercado de trabalho”.

Também participaram do evento Josimara da Silva Tavares, que atua na mesma ONG, a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher do Estado do Rio de Janeiro, Helena Piragibe, a representante do coletivo Transgoytacá, Hisis Rangel e o representante do Coletivo LGBTQI+ Gaytacazes, Charles Ferreira. Após as palestras, os convidados responderam a perguntas do público presente.

*Por Lohaynne Gregório - Ascom Câmara Campos