A Câmara de Vereadores de Campos aprovou durante a sessão ordinária desta terça-feira (30) uma Indicação Legislativa que propõe alterações na Lei referente ao transporte alternativo na cidade. Também foram apresentados um total de 39 processos de Indicações Simples e oito processos de Requerimentos, além disso, outros sete projetos entraram na casa como Objetos para Tramitação.

O plenário da Câmara de Vereadores de Campos aprovou por unanimidade, no último dia nove de maio, uma propositura do vereador Cláudio Andrade (PSDC) sobre a obrigatoriedade de ser franqueado ao consumidor o acesso à cozinha e outras dependências de restaurantes, hotéis e similares situados no município. Nesta terça-feira (23) o prefeito Rafael Diniz sancionou a Lei que foi publicada na íntegra em diário oficial.

Em sessão ordinária nesta quarta-feira (24) os vereadores da Câmara campista aprovaram, por unanimidade, um projeto de Lei que prevê meia-entrada para profissionais da educação do município. Ainda durante as três sessões, os vereadores apresentaram um total de 45 processos de Indicações Simples e 13 processos de Requerimentos. Ao final o presidente da casa, Marcão Gomes (Rede), apresentou a avaliação da Procuradoria Legislativa sobre as duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) apresentadas este ano.

Em sessão plenária nesta terça-feira (23) os vereadores da Câmara campista apresentaram um total de 52 processos de Indicações Simples e 15 processos de Requerimentos. Além disso, outros cinco projetos entraram para a casa como Objetos para Tramitação.

Nesta quarta-feira (17) a Câmara de Vereadores de Campos contou com duas sessões ordinárias. Durante os trabalhos os vereadores apresentaram um total de 48 processos de Indicações Simples e 18 processos de Requerimentos. Entre eles, a solicitação de informações sobre a auditoria realizada pelo prefeito Rafael Diniz no Instituto de Previdência dos Servidores de Campos (PreviCampos).