TV Câmara

A TV Câmara Campos agora pode ser assistida em sinal aberto digital. A cerimônia, que marcou esta conquista do Legislativo campista, aconteceu na manhã desta segunda-feira (19) e contou também com a assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a TV e o Fórum Interinstitucional de Dirigentes do Ensino Superior de Campos (Fidesc). A partir de hoje TV Câmara Campos pode ser conferida através do canal digital 19.3, dentro do modelo de canal compartilhado com a TV Câmara Federal no canal 19.1, a TV Alerj no canal 19.2 e a TV Senado no canal 19.4.

 

“Hoje estamos vivendo um momento especial, com uma conquista para toda sociedade campista através da nossa Câmara. Quero agradecer a cada um dos vereadores e não poderia deixar de agradecer a equipe da nossa TV, nas pessoas de Katiana Rodrigues e Frederico Parente, que trabalharam muito para levar conteúdo de qualidade para nosso canal”, disse o presidente da Câmara, Edson Batista.

Ele também explicou como funcionará a parceria com o Fidesc. “Vamos assinar o Termo de Cooperação com as universidades representadas pelo Fidesc para oferecer 48h semanais da nossa programação para exibição de conteúdo destas instituições. Isso é um estímulo para que as produções científicas das universidades sejam levadas para todos”, disse Edson Batista.

O vereador Mauro Silva lembrou a importância da informação. “É muito importante nesse momento termos nosso sinal aberto e digital. É uma atitude de vanguarda da Câmara de Campos. Quero parabenizar o doutor Edson Batista, pois este pode ser o maior legado dessa gestão. Entendemos que a comunicação move o mundo e ela é a responsável pela integração com a população”.

O vice-presidente do Legislativo, vereador Thiago Virgílio, disse que era um momento histórico. “Não poderia deixar de registrar este marco na história da Câmara, pois acompanhei como o presidente doutor Edson se dispôs a correr atrás disso. Hoje ele cumpre o prometido de entregar também o sinal aberto para nossa população. A TV aberta certamente aumentará a interlocução da Câmara com a sociedade”.

Para o presidente do Fidesc e reitor do IFF Fluminense, Jefferson Manhães, com esta ação a Câmara traz um novo marco para a cidade. “Hoje vemos a sociedade com uma quantidade de informação que mais desinforma do que informa, portanto é de grande importância levar informação de qualidade com credibilidade. E as universidades estão aqui unidas para participar deste momento. Essa é uma ação que fortalece a cidadania. Quero parabenizar aos vereadores em nome da comunidade acadêmica e agradecer a esta Câmara pela oportunidade”.

Durante a oportunidade, Edson Batista fez um balanço das conquistas da Câmara. “Gostaria de fazer um breve balanço desta gestão que promulgou a Nova Lei Orgânica; o Regimento Interno; o Fundo Especial da Câmara; a Escola Municipal de Gestão do Legislativo (Emugle); o Parlamento Regional; colocamos os pagamentos dos servidores e fornecedores on-line; implantamos o pregão eletrônico; o Parlamento Mirim que chegou a Brasília; o Corredor Histórico Cultural; a aproximação com a União dos Vereadores do Brasil (UVB) onde sou superintendente regional; produzimos documentários reconhecidos e premiados; digitalizamos o acervo da nossa casa; criamos a Editora Câmara; entre outras ações. Conquistas que não são da mesa diretora, mas de todos os vereadores da nossa casa e hoje chegamos ao ápice com a TV aberta”, concluiu Batista.

Histórico da TV Câmara Campos

A TV Câmara Campos iniciou suas atividades no dia 19 de fevereiro de 2013. A primeira transmissão contou com a abertura do ano legislativo sob a gestão do presidente da Câmara, vereador Edson Batista, através do site www.camaracampos.rj.gov.br e do canal 152 da VerTV. Até esta data somente as sessões ordinárias eram exibidas através da internet.

Buscando parcerias para montar sua programação e aumentar a interlocução com a sociedade, no dia 26 de agosto de 2014, a TV Câmara campista passou a ser transmitida também pelo canal 2 da BlueTV. Exibindo ao longo da programação, através de parceria com a TV Senado, TV Câmara Federal e TV Alerj, os conteúdos dos acervos de cultura, economia, saúde e educação desses canais.

Ainda em 2014 o legislativo começou a se preparar para levar sua TV para um canal aberto em parceria com a Câmara Federal. O processo começou a tramitar no Ministério das Comunicações. O intuito era tornar a nova gestão ainda mais participativa e transparente, alcançando um público ainda maior.

Para formar sua grade de programação, a TV Câmara Campos firmou parcerias com TVs públicas para o licenciamento do uso dos materiais, como documentários, programas sobre fatos, acontecimentos políticos e históricos da História do Brasil.

Em seguida as produções locais ganharam ainda mais espaço. A TV Câmara Campos passou a produzir documentários e matérias especiais sobre rica história de Campos, seus vultos e grandes personagens. As coberturas dos eventos ocorridos no Palácio Nilo Peçanha, sede do legislativo, ganharam destaque. Depois disso, a TV ganhou as ruas com coberturas externas de grandes eventos.

No dia 18 de agosto de 2015 o então presidente da Câmara Municipal de Campos, Edson Batista, e o secretário de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, Cleber Verde, assinaram, em Brasília, o acordo de cooperação técnica que permitia a entrada da TV Câmara Campos na Rede Legislativa de TV Digital.

Assim, em sinal aberto, gratuito e totalmente digital, a população campista teria acesso à programação dos veículos de comunicação da Câmara dos Deputados, do Senado Federal, Assembléia Legislativa do Estado e da Câmara de Campos. O acordo determinou o modelo de canal compartilhado, com quatro canais em um: TV Câmara Federal (canal 19.1), TV Alerj (canal 19.2), TV Câmara Campos (canal 19.3) e a TV Senado (canal 19.4).

Logo depois, no dia 28 de setembro de 2015, Edson Batista assinou na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) o termo que oficializou a abertura da TV Câmara Campos em canal aberto digital. Neste ato a TV Câmara Campos foi legitimada como a primeira TV legislativa do estado com sinal digital. A partir de então começaram os trabalhos para estruturar o canal que teve seu sinal aberto inaugurado no dia 19 de dezembro de 2016.

*Fonte: Ascom Câmara Campos